Instituto Trabalho Decente

Instituto Trabalho Decente

Brasil, Distrito Federal, Brasília

O Instituto Trabalho Decente é uma entidade da sociedade civil organizada composta por pessoas que acreditam em um mundo do trabalho mais digno, justo e igualitário. Fundado no início de 2019, surgiu da luta pelos direitos humanos e se propõe a atuar em todo o país apoiando iniciativas que busquem reduzir os déficits de trabalho decente e estimular sustentabilidade social. O Instituto integra especialistas de diferentes áreas profissionais que somam esforços para promover a inclusão socioeconômica de pessoas, grupos e comunidades vulneráveis, tendo o diálogo social como principal ação indutora para a superação de divergências, resolução de conflitos e garantia de uma sociedade mais justa.

instituto.trabalhodecente@gmail.com

Tráfico de pessoas e trabalho escravo

Rompendo o ciclo da escravidão moderna

Na Bahia, o combate ao trabalho escravo avançou a passos largos nos últimos anos, principalmente na repressão da violação e resgate de trabalhadores. Ainda assim, existem lacunas no que tange ao atendimento e atenção às vítimas. Para que o ciclo da escravidão seja rompido, é necessário fortalecer as comunidades de origem e garantir a inclusão dos vulneráveis e resgatados em condições de trabalho decente - apenas assim, a prevenção pode ser eficiente e as reincidências, mínimas. Nesse contexto, o projeto procura fortalecer e aprimorar a integração e coordenação das políticas públicas de atenção às vítimas nos municípios de origem através da sensibilização, formação e mobilização de atores-chave.

Tráfico de pessoas e trabalho escravo

Cacau na Bahia

A produção de cacau brasileira tem sido diagnosticada como uma atividade atrelada ao trabalho escravo e infantil, como confirmam estudos e investigações jornalísticas recentes. As violações estão diretamente presentes nos primeiro estágio da produção: no plantio, colheita e processamento inicial das sementes - porém, o restante da cadeia não está isenta, pois a falta de práticas de controle e monitoramento das demais etapas sustentam sua ocorrência. O problema é especialmente preocupante no estado da Bahia, que totaliza 45,1% da produção de cacau no país. Com o intuito de fortalecer a cadeia para reduzir a incidência das violações nesse estado, o projeto procura promover diálogo social entre todas as partes para definir responsabilidades e formular um processo de planejamento estratégico que possa determinar medidas necessárias para prevenção do trabalho escravo e infantil no cacau da Bahia.

Crianças e adolescentes

Prevenção do trabalho infantil em Jaraguá, Goiás

O município goiano de Jaraguá é conhecido como o maior polo de confecção de jeans do Centro-Oeste. A produção de vestuário na região, porém, possui histórico de envolvimento com o trabalho infantil, diagnóstico oficializado por fiscalizações do Ministério do Trabalho. Segundo censo de 2010 (PNADS e CAGED), existem índices significativos de ocupação de crianças e jovens no município, em contraposição a taxas baixas de aprendizagem juvenil - principalmente na faixa de 10 a 15 anos. Tendo em conta que a idade mínima para o trabalho é de 16 anos com a exceção da aprendizagem juvenil a partir dos 14, pode-se concluir que praticamente todas essas crianças e adolescentes ocupados estão em situação de trabalho infantil. Apesar dos esforços de instituições locais, mais ações estruturantes ainda são necessárias para que o movimento de erradicação desse problema se torne consistente e sustentável. O projeto, portanto, tem como objetivo o fortalecimento da rede de prevenção e enfrentamento ao trabalho infantil em Jaraguá/GO, com foco especial no setor da moda. As atividades incluem componentes inter-relacionados e complementares de comunicação, sensibilização, consolidação da rede e formação de lideranças jovens integradas que impulsionem novas iniciativas.

Sobre

Instituto Trabalho Decente

Instituto Trabalho Decente

Brasil, Distrito Federal, Brasília

O Instituto Trabalho Decente é uma entidade da sociedade civil organizada composta por pessoas que acreditam em um mundo do trabalho mais digno, justo e igualitário. Fundado no início de 2019, surgiu da luta pelos direitos humanos e se propõe a atuar em todo o país apoiando iniciativas que busquem reduzir os déficits de trabalho decente e estimular sustentabilidade social. O Instituto integra especialistas de diferentes áreas profissionais que somam esforços para promover a inclusão socioeconômica de pessoas, grupos e comunidades vulneráveis, tendo o diálogo social como principal ação indutora para a superação de divergências, resolução de conflitos e garantia de uma sociedade mais justa.

instituto.trabalhodecente@gmail.com